Imprensa

Expectativa de supersafra para 2017 deve impulsionar mercado de peças e acessórios para equipamentos agrícolas

Expectativa de supersafra para 2017 deve impulsionar mercado de peças e acessórios para equipamentos agrícolas

Máquinas e tratores precisam estar em boas condições para garantir eficiência na produção.

A previsão de chuva no cerrado, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), pode garantir a supersafra de 215 milhões de toneladas de grãos em 2017, já que as questões climáticas favorecem o plantio em novas áreas. Esse cenário positivo estimula o mercado de reposição para peças e acessórios de equipamentos agrícolas.  A TVH-Dinamica, que possui portfólio com mais de 25 mil itens a pronta entrega e 100 mil cadastrados para máquinas agrícolas, industriais e movimentação, comenta que  a possibilidade de ocorrer a supersafra  estimula o setor de reposição, pois como a troca do equipamento antigo pelo novo está sendo postergada devido à crise de insegurança instalada no mercado e as escassez de linhas de crédito, o produtor rural terá que manter o equipamento usado em boas condições para garantir alta produtividade e aproveitar esta janela de plantio e o clima chuvoso favorável ao cultivo. “O aumento da produção agrícola impulsiona vários setores da economia, incluindo o de peças e acessórios”, afirma Paulo Acosta, gerente comercial da TVH-Dinamica.

A empresa implementou em 2016 uma série de medidas voltadas à melhoria no atendimento ao cliente, como mudanças de processos na parte de logística e a criação de um portal de vendas online, que facilita a pesquisa e aquisição de itens, de forma rápida e segura. “Os produtores rurais não podem perder os períodos de plantio, inclusive estão cada vez menores, devido a indisponibilidade da máquina no momento de sua utilização, neste sentido, a disponibilidade de peças e um processo logístico bem estruturado diminui o tempo de máquina parada no campo, maximizando a produtividade e a lucratividade do produtor. Por isso, também é de grande importância  realizar checagens diárias de vários itens do trator e da máquina agrícola, efetuando a manutenção preventiva para que os equipamentos estejam sempre em boas condições de uso, principalmente em época de atividade intensa”, comenta Acosta.

O gerente explica que, como a frota de equipamentos agrícolas no Brasil é bem diversificada, é necessário estar sempre investindo em desenvolvimento de novos produtos para ofertar um mix de produtos que atenda às necessidade do mercado.